Ensaios de Familia

Fernanda e Família

A DADIVA DE SER MÃE

Talvez você nunca tenha parado para pensar no valor que uma mulher tem, talvez não tenha se toca que somos totalmente dependente delas e meio que indiretamente são elas que dão confluência ao mundo, pois, ser mãe é muito mais do que algo angelical e divino, dar vida a alguém é algo que dispensa qualquer discurso, ser mãe é uma dadiva. Desde que me lembro como gente a imagem da mulher é banalizada e acaba não tendo seu devido valor, tidas como o sexo frágil, fica bem distante os boatos da realidade, afinal quem nunca estudou ou já ouviu falar na tamanha dor do parto? Mas o espirito aguerrido de uma mulher vai muito além da dor do parto, pois tem que ter força e se manter firme para lutar desde nova contra preconceitos e barreiras que a sociedade impõe, derrubando peça por peça e ainda conseguindo se destacar, é uma luta que começa desde o primeiro ano de vida e se alonga por toda a vida. Uma mãe é um ser de valor inestimável, elas são únicas e insubstituíveis, não há nada no mundo maior e mais verdadeiro do que o amor de uma mãe. Este amor é comprovado desde o primeiro dia de gestação, onde se suporta dores, preconceitos e limitações geradas por uma gestação, são 9 meses de luta até o nascimento de uma criança e mesmo com tudo isso, com a dor do parto, ao nascer a mãe olha com os olhos brilhando para o filho, um momento de cumplicidade unica, pois por mais noites que ela saiba que passará em claro, por mais que ele não consiga fazer muitas coisas por conta do seu choro, por mais coisas que ela tenha que abdicar, passará os anos e ela sempre te olhará com brilho nos olhos, pois amor inspira mãe.